O Recife desta sexta-feira de greve geral contra as reformas trabalhista e da previdência está marcado por diversos atos de manifestação. O principal deles acontece na tarde de hoje e conta com uma caminhada da classe trabalhadora e seus sindicatos em direção ao Centro da capital pernambucana. A concentração começou por volta das 14h, na Praça do Derby. De acordo com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), cerca de 50 mil pessoas participam da manifestação. 

Os quatro sentidos no Centro de Caruaru estão fechados na manhã desta sexta-feira (28). O antigo giradouro Major Clementino foi fechado e quem vai pegar a Avenida Agamenom Magalhães em qualquer sentido não vai ter acesso. O protesto deve ganhar a Avenida Rio Branco, Rua Duque de Caxias, 15 de Novembro e terminar no Marco Zero da cidade.
FONTE: http://blogdomarioflavio.com.br

A manhã desta quarta-feira (26) foi de mais uma manifestação em Caruaru. Os mototaxistas fecharam várias ruas do Centro de Caruaru para protestar contra a falta de fiscalização da Destra. Segundo eles, os clandestinos rodam com muita facilidade no município e por isso, eles decidiram tomar essa atitude.

A Diretoria Executiva do SISMUC Regional, na figura do seu Presidente Eduardo Mendonça, conforme as disposições estatutárias, convoca todos os servidores da educação para uma Assembleia Geral Extraordinária, a ocorrer no dia 05 de maio de 2017, na União Beneficente dos Artistas de Caruaru, no horário das 07:30h, conforme edital em anexo.




Na noite desta quarta -feira (25), na Câmara Municipal de Caruaru, foi levado em votação o projeto de lei que visava o piso salarial dos Professores do Município, porém, mesmo tendo sua aprovação de forma unânime, pelos vereadores, o projeto de Lei não contemplou todos os educadores. Segundo as palavras do Presidente, Eduardo Mendonça, do SISMUC Regional, a votação e aprovação foi LAMENTÁVEL.  Após a votação, Eduardo Mendonça disse:

SISMUC Regional recebe da Prefeitura, convite para participar de Oficina para Diagnóstico Urbano.

Professores da rede municipal de ensino liderados pelo SISMUC Regional, insatisfeitos com a postura da prefeita Raquel Lyra, paralisam aulas amanhã terça feira e também na quarta. No dia 28, sexta feira, haverá paralisação em movimento nacional e, se até 5 de maio não houver avanço ou pronunciamento do poder executivo, a categoria ameaça de greve geral.

© Copyright 2000 - 2014 SISMUC Regional - Todos os Direitos Reservados - É proibida a cópia total ou parcial deste site sem autorização de seus administradores

Desenvolvido por AgênciaNET e ATONA mídia