Dia 01 a 06 de Julho (Segunda-feira até Sábado): Divulgar amplamente e articular com as Centrais Sindicais, Movimento Estudantil, com os Fóruns de Educação e os Movimentos Sociais a execução da Jornada em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 07 Julho (Domingo): Ato Público em local de lazer no município da base eleitoral do/a parlamentar que pertence à Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara Federal, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 08 de Julho (Segunda-feira): O Sul do Brasil contra a Destruição da Aposentadoria, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 09 de Julho (Terça-feira): O Sudeste do Brasil contra a Destruição da Aposentadoria, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 10 de Julho (Quarta-feira): O Nordeste do Brasil contra a Destruição da Aposentadoria, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 11 de Julho (Quinta-feira): O Norte do Brasil contra a Destruição da Aposentadoria, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 12 de Julho (Sexta-feira): O Centro Oeste do Brasil contra a Destruição da Aposentadoria com Ato Público e Passeata em Brasília, junto com a UNE, UBES, ANPG e Centrais Sindicais, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 13 de Julho (Sábado): Ocupar espaços nas rádios de todo o país para denunciar a Destruição da Aposentadoria promovida pelo desgoverno do Bolsonaro, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 14 de Julho (Domingo): Ato Público em uma área de lazer e/ou piquenique na base eleitoral de um/a parlamentar membro da Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara Federal, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 15 de Julho (Segunda-feira): Reunião com Deputados Federais nos Estados e DF, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 16 de Julho (Terça-feira): Diálogos e Panfletagens nos transportes coletivos, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 17 de Julho (Quarta-feira): Bandeiraço e faixaço nos principais cruzamentos com grande fluxo de veículos, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 18 de Julho (Quinta-feira): Diálogos e panfletagens nos mercados públicos, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 19 de Julho (Sexta-feira): Reunião com os/as Deputados Federais nos Estados e DF, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 20 de Julho (Sábado): Colocar carro de som/bicicleta de som nas feiras livres, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 21 de Julho (Domingo): Passeio ciclístico contra a Destruição da Aposentadoria, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública no dia 13 de agosto.

Dias 22 a 28 de Julho (Segunda-feira até Domingo): Curta vídeos nos bairros - exposição de vídeos explicando as medidas destrutivas da Reforma da Previdência do desgoverno Bolsonaro com debate popular, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 29 de Julho (Segunda-feira): Organizar as estratégias para mobilização nos locais de trabalho, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 30 de Julho (Terça-feira): Diálogos/Debates com os/as moradores/as da sua rua e/ou do seu prédio sobre a Reforma da Previdência do desgoverno Bolsonaro, rumo a Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 31 de Julho (Quarta-feira): Ligar ou enviar mensagem para o Deputado Federal de cada Estado e DF, solicitando o voto contra as propostas de Reforma da Previdência do desgoverno Bolsonaro, rumo a PARALISAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dias 1, 2, 5, 6, 7, 8, 9, 12 de Agosto: Mobilizar os locais de trabalho, convocando para a PARALISAÇÃO e participação na Marcha do Município em defesa da educação pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 03 de Agosto (Sábado): Ocupar espaço das rádios para convocar a população para participar da Marcha da Educação no dia 13 de agosto em defesa da educação pública e contra a Destruição da Aposentadoria.

Dia 04 de agosto (Domingo): Ocupar espaço nos jornais de grande circulação nos Estados e DF, com propaganda em defesa da educação pública e contra a Destruição da Aposentadoria, convidando a população para participar da Marcha no seu Município ou na sua Região em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria no dia 13 de agosto.

Dia 13 de agosto (Terça-feira): PARALISAÇÃO da EDUCAÇÃO com Marcha nos Municípios em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria, rumo a garantia dos Direitos Conquistados pela Classe Trabalhadora e pela Igualdade Social

Dia 14 de agosto (Quarta-feira): Marcha das Margaridas em Brasília-DF, rumo a garantia dos Direitos conquistados pela Classe Trabalhadora e pela Igualdade social.

Dia 15 de agosto (Quinta-feira): Avaliação da Jornada e Divulgação das ações futuras em defesa da Educação Pública e contra a Destruição da Aposentadoria.

 


>> Acesse a programação em PDF


F
ONTE: http://www.cnte.org.br/index.php/menu/comunicacao/posts/noticias/71992-acesse-a-programacao-da-jornada-nacional-em-defesa-da-educacao-publica-e-contra-a-destruicao-da-aposentadoria


© Copyright 2000 - 2014 SISMUC Regional - Todos os Direitos Reservados - É proibida a cópia total ou parcial deste site sem autorização de seus administradores

Desenvolvido por AgênciaNET e ATONA mídia